sexta-feira, 27 de março de 2015

Não mais que...

... o desejo maior de que outro dia possa nascer. Por isso a importância da prece a Deus, todas as noites. Ininterruptamente.  



Entre as lendas indígenas, a certeza no amor.
 A sabedoria que guia os aflitos.
  Àqueles que anseiam a paixão arrebatadora.
   Tudo que uma pobre alma possui nesta vida.
     Tudo que pode fazer é esperar.
       Deixar o amor ser guiado pelo tempo. 

       Prezar pelo esmero de cuidar daquele sentimento.
     E ter a certeza de sua veracidade só porque o olhar quis provar.
   E ter mais certeza do seu amor, mesmo sem sua presença física.
 Guiado apenas pelas lembranças.
A certeza que inflama as preces.

       E a natureza se compadece.
     O vento compõe melodias para entoar as cenas 
   que se passam na cabeça e alimentam o coração.
 O céu também querem ajudar.
Então, se compadece e se desarma em lágrimas.

Vendo dois corações apaixonados.
  Tão jovens.
   Sofrendo de amor.


Lenda do João de Barro


Nenhum comentário:

Postar um comentário